Como Fazer a Consulta e Efetuar o Pagamento do Licenciamento

Veículos

licenciamento é um procedimento obrigatório pelo governo de estado, onde o veículo passa por uma vistoria para verificar se ele está apto para andar pelas ruas. Se o automotivo estiver com dívidas pendentes como multas, a quitação desses débitos tem que ser feita durante o licenciamento.

O proprietário do automotivo que não estiver com o licenciamento Detran PR 2020 em dias está sujeito a penalidades, perda de 7 pontos na carteira de habilitação e uma multa no valor de R$ 192,00, depois de apreendido o veículo só é liberado quando a situação for regularizada.

Licenciamento carro

Para fazer o licenciamento de veículos de forma presencial o proprietário deve levar os documentos que são pedidos pelo Detran, licenciamento do ano, pagamento do DPVAT do ano atual, comprovante do pagamento do IPVA 2019, apresentar comprovante de pagamento das multas se o veículo tiver algum débito e o recolhimento da taxa de licenciamento.

Vale ressaltar que em algumas regiões do país tem suas exigências de documentos para o veículo rodar, por isso confira como é o procedimento que tem que ser feito e o que tem que ser levado do seu estado.

Pagamento Licenciamento

Cada estado possui sua taxa para o pagamento do licenciamento 2019, basta você procurar se informar acessando o site do Detran de sua região, o licenciamento é nada mais nada menos a regularização do IPVA 2020 PR, o pagamento do DPVAT e pagamentos de multas se o veículo tiver alguma é claro.

O pagamento do licenciamento do veículo é cobrado de acordo com o número final da placa, que corresponde o mês que vende o documento do veículo, mas não é uma regra para todo o país cada estado tem sua tabela de licenciamento do seu estado porquê as datas não podem ser a mesma.

O licenciamento tem uma taxa de 68,00 reais, mas se você quiser fazer o pagamento via boleto pelo site, o licenciamento sairá 11,00 reais mais caro. Para você regularizar o licenciamento 2019 paraná do seu carro siga os passos a seguir:

  • Procure um banco credenciado do Detran do seu estado;
  • Levando com você os documentos exigidos para o licenciamento;
  • Informe o número do RENAVAM ao caixa, onde ele irá lhe informar o valor da taxa que vai ser recolhido e algumas pendências financeiras se o veículo tiver como multas;
  • Para serem quitadas, faça o pagamento dos débitos e da taxa de licenciamento e aguarde no prazo de uma semana o novo CRVL seja entregue pelo correio.

Fazendo todo esse procedimento logo o seu veículo estará apto a andar pelas ruas, claro que sem nenhuma preocupação, lembrando que o licenciamento tem a validade de um ano para que ocorra uma nova regularização.

Como fazer a consulta do Licenciamento

Para fazer a consulta do licenciamento do seu automóvel, o proprietário deve acessar o site do Detran de seu estado, fazendo um cadastro para consultar esse e outros documentos relacionados ao seu veículo. Para realizar uma consulta rápida basta digitar o número da placa do veículo e apertar OK.

Fazendo esse procedimento o proprietário do veículo tem acesso de débitos a ser quitados, data de vencimento do próximo licenciamento.

Todo o estado tem suas datas especificas para o vencimento do licenciamento anual de automotivos, basta você acompanhar a tabela de licenciamento do seu estado e as datas de descontos. Por isso olhe no site do seu estado e faça a consulta do seu IPVA.

  • ipva.fazenda.sp.gov.br.

A maioria dos estados seguem uma tabela na qual o termino do número da placa do veículo, onde corresponde o mês de vencimento do licenciamento 2019, depois de consultar a data de vencimento o proprietário deve se dirigir a pontos de auto consulta e pagamentos afiliados com o Detran de seu estado.

O que pode levar a apreensão do automóvel?

Veículos

Um automóvel ganha o direito de circular nas ruas quando está completamente regularizado. Caso contrário pode ser apreendido por qualquer agente de trânsito devidamente capacitado e sinalizado desta forma. É preciso ter cuidado porque apreensão possui custos. Saiba mais!

Como funciona a apreensão do automóvel?

Veículos irregulares com o IPVA 2021 RR e outros motivos podem ser apreendidos a qualquer instante quando em circulação na rua. Isso significa tirar o carro, moto ou caminhão da posse do proprietário até ser devidamente regularizado. É importante saber que não é necessário o automotor estar em posse do dono. Estando irregular e sendo outro motorista a conduzir, ele pode ser apreendido também.

E o que isso quer dizer? Em primeiro momento o motorista deve sair do carro e seus documentos ficam em posse do agente de trânsito. O motorista será indicado a sair do veículo levando seus pertences pessoas e a partir de então ficará em posse do departamento de trânsito da cidade, o Detran.

O Detran estadual remove o veículo para um pátio de estacionamento de sua possa. Costuma ser o mais próximo do endereço do local que o carro está. Ele deve ficar retido até o motivo da apreensão ser solucionado.

Os custos de rebocar o veículo são do proprietário e repassados para ele no momento da retirada. O carro ou moto só deixa o depósito do Detran quando todas as taxas são pagas.

Quais os motivos para apreensão do automóvel?

Como prevê o Código de Trânsito Brasileiro, todos os veículos considerados irregulares no Brasil podem ser apreendidos a qualquer momento. Um agente de trânsito devidamente sinalizado em uma fiscalização de rotina pode apreender um veículo irregular.

São considerados veículos irregulares no Brasil aqueles que:

  • Não estão com as taxas anuais pagas – IPVA 2021 ES e DPVAT;
  • O documento do veículo está vencido em mais de 30 dias;
  • O veículo não está em pleno funcionamento – uma avaliação básica do agente poderá indicar isso. Se alguma parte do automóvel ou moto colocar em risco a segurança dos passageiros e motorista deve ser retirado da rua;
  • O veículo possui placa sinalizada no Detran como roubada ou apreendida;
  • O motorista não tiver condições de dirigir e não houver outro habilitado no momento – apreensão na Lei Seca, por exemplo.

Pode um agente de trânsito apreender um veículo a qualquer instante?

Na verdade, não. Ser um agente de trânsito não dá poder total a um funcionário do Detran de apreender veículos nas ruas. Se ele não está a trabalho, devidamente fardado e com sinalização de fiscalização não poderá apreender o veículo.

Mas há uma confusão comum neste tipo de situação. Muitos motoristas acreditam que se não há reboque na blitz o veículo não pode ser apreendido. Isso é um grande erro. Mesmo sem reboque no local um agente de trânsito pode solicitar via rádio ou telefone um veículo para transporte do carro, moto ou caminhão apreendido a qualquer instante.

Agentes de trânsito também podem solicitar reforço policial a qualquer instante. Na maior parte das fiscalizações de rua há sempre uma viatura para suporte, mas esta pode ser solicitada por rádio ou telefone caso o agente se sinta em perigo ou coagido. Ele não pode efetuar a prisão, mas consegue movimentar os responsáveis por isso.

Planos que cobrem Cirurgias Plásticas

Saúde

Algumas cirurgias plásticas, que não sejam feitas para estética, podem ser realizadas através do Cartão SUS – Sistema Único de Saúde, ou seja, serão totalmente gratuitas, como cirurgia de redução de estômago em casos extremos. Abaixo você poderá entender melhor sobre outras cirurgias.

O que é e como funciona o Plano do SUS

Os planos de saúde pelo Cartão SUS são dos mais requisitados no Brasil. Saiba mais sobre os planos que o Cartão SUS tem para lhe oferecer.

O Cartão SUS é a maior provedora de planos de saúde no Brasil e tem realmente um leque de opções muito alargado, no entanto é pena que o seu site principal não tenha muita informação em relação aos planos individuais e familiares, para ter esta informação deverá consultar o Cartão SUS da sua região.

Por exemplo pode consultar a tabela do Cartão SUS de São Paulo e lá tem uma tabela com todos os preços que estão divididos por escalões etários e pode verificar que os planos familiares são mais vantajosos que os planos individuais em termos de preço por pessoa.

O que parece variar entre os planos Original, Padrão, Integral, Supremo e Absoluto são os Hospitais em que tem direito a atendimento porque segundo o que consta no site todos os planos cobrem Consultas, exames simples, exames de alta complexidade, cirurgia bariátrica, fisioterapia, internações, cirurgias e parto. Isto é verificado no site do Cartão SUS de São Paulo, verifique o site da sua região para ver se as condições são as mesmas.

O Cartão Família SUS abrange coberturas de consultas, exames e procedimentos rotineiros e especializados, além de internações em enfermaria ou apartamento. O Cartão Participativo tem uma mensalidade é menor e os clientes , por intermédio da empresa, participam dos custos quando se utilizam das coberturas contratadas.

Proteção no Trabalho oferece gerenciamento completo dos riscos associados ao trabalho por meio de constante monitoramento e controle das atividades exercidas em sua organização.

Com o Cartão Odontológico do SUS os clientes podem ir ao dentista quantas vezes for preciso. O atendimento é realizado por meio dos dentistas da Uniodonto São Paulo, uma cooperativa paulista que conta com mais de 1.900 cirurgiões dentistas cooperados na capital.

O Cartão SUS de fato tem uma cobertura muito ampla e com vários planos de saúde que se adaptam a várias capacidades financeiras e necessidades. Faça uma pesquisa no site da Cartão SUS da sua região para se informar melhor sobre as condições e preços praticados que podem variar de região para região.

Receita divulga novidades para o IR nesse ano

Geral

Se você está em busca de informações sobre IRPF 2019, você encontrou o lugar certo. Uma nova lei foi publicada recentemente no Diário Oficial da União que prevê o ajuste escalonado do Imposto de Renda 2020, prevendo o surgimento de diversas mudanças. Aqui nesse post você encontrará informações relevantes para ficar bem informado.

Nova tabela do IR

Com diversas tramitações no Congresso, os parlamentares exigiam o aumento de 6,5% nas faixas salariais. Esse ajuste foi considerado impossível pelo governo que apresentou uma contraproposta de 4,5% de reajuste, alegando que 6,5% tiraria ainda esse ano cerca de 7 bilhões de reais dos cofres públicos.

Informe-se também sobre os direitos e deveres do trabalhador no portal da Receita Federal!

Com essa negação de reajuste, ficou acertado o seguinte modelo entre as partes: todos os contribuintes que ganham até R$ 1.903,98 ficam isentos da declaração. As demais correções serão aplicadas de acordo com as faixas de renda.

As novas regras valem para 2018, utilizando o ano-calendário 2015. Este novo modelo de tabela IRRF 2018 surpreenderá todos que estavam esperando apenas reajustes.

Como funciona o Imposto Retido na Fonte

Muitas pessoas, com certeza, já devem ter ouvido essa sigla, mas poucos sabem a respeito. IRRF significa Imposto de Renda Retido na Fonte.

E o que isso significa? No IRRF, é a pessoa jurídica que declara o imposto de renda ao contrário do IRPF (Imposto de Renda da Pessoa Física) que é a própria pessoa que faz a declaração. No IRRF, é a fonte pagadora que declara e não o beneficiário. Aproveite também para se informar sobre Tabela INSS 2020!

O IRRF é um imposto que incide sobre alguns rendimentos. Confira:

  • Os rendimentos que são pagos pela prestação de serviços entre pessoas jurídicas, no caso de agências de publicidade e alguns serviços de corretagem, por exemplo
  • Todos os rendimentos que são pagos por pessoa jurídica no caso trabalhos não assalariados
  • Rendimentos pagos por pessoas jurídicas ou físicas no caso de trabalhos assalariados
  • Todos os rendimentos de royalties e aluguéis pagos por pessoas jurídicas
  • Os rendimentos que são pagos por fontes situadas em nosso país a empregados, pessoas jurídicas remetidas, creditadas, situadas no exterior

Você também pode obter mais informações no próprio site da Receita clicando aqui.

Como Ficou a Nova Tabela?

Podemos observar na tabela IRRF 2020 que todos os contribuintes que ganham as menores faixas de renda tiveram um reajuste maior e todos que ganham as maiores faixas de renda tiveram um reajuste menor. Lembrando que esse reajuste é proporcional, nos deixando mais sossegados, porque quem ganha menos ainda pagará menos impostos, ao contrário de quem ganha mais.

O reajuste proposto pelo Congresso Nacional será de 6,5% para as duas primeiras faixas. Na terceira faixa, a correção será de 5,5%. Na quarta, será de 5% e nas duas últimas será de 4,5%.

Como Tirar Dúvidas?

Sabemos que declarar o imposto de renda não é uma coisa fácil. Se você tiver alguma dificuldade, você pode ligar para a Central de Atendimento da Receita Federal e esclarecer todas as suas questões.

  • O Receitafone é 146: basta ligar e se informar.

Se você preferir sanar algumas dúvidas usando a Internet, você pode clicar aqui e ir direto na sessão Fale Conosco.

Se optar em ir pessoalmente, você pode encontrar a unidade mais próxima de você clicando aqui.

Boa sorte!