Receita divulga novidades para o IR nesse ano

Geral

Se você está em busca de informações sobre IRPF 2019, você encontrou o lugar certo. Uma nova lei foi publicada recentemente no Diário Oficial da União que prevê o ajuste escalonado do Imposto de Renda 2020, prevendo o surgimento de diversas mudanças. Aqui nesse post você encontrará informações relevantes para ficar bem informado.

Nova tabela do IR

Com diversas tramitações no Congresso, os parlamentares exigiam o aumento de 6,5% nas faixas salariais. Esse ajuste foi considerado impossível pelo governo que apresentou uma contraproposta de 4,5% de reajuste, alegando que 6,5% tiraria ainda esse ano cerca de 7 bilhões de reais dos cofres públicos.

Informe-se também sobre os direitos e deveres do trabalhador no portal da Receita Federal!

Com essa negação de reajuste, ficou acertado o seguinte modelo entre as partes: todos os contribuintes que ganham até R$ 1.903,98 ficam isentos da declaração. As demais correções serão aplicadas de acordo com as faixas de renda.

As novas regras valem para 2018, utilizando o ano-calendário 2015. Este novo modelo de tabela IRRF 2018 surpreenderá todos que estavam esperando apenas reajustes.

Como funciona o Imposto Retido na Fonte

Muitas pessoas, com certeza, já devem ter ouvido essa sigla, mas poucos sabem a respeito. IRRF significa Imposto de Renda Retido na Fonte.

E o que isso significa? No IRRF, é a pessoa jurídica que declara o imposto de renda ao contrário do IRPF (Imposto de Renda da Pessoa Física) que é a própria pessoa que faz a declaração. No IRRF, é a fonte pagadora que declara e não o beneficiário. Aproveite também para se informar sobre Tabela INSS 2020!

O IRRF é um imposto que incide sobre alguns rendimentos. Confira:

  • Os rendimentos que são pagos pela prestação de serviços entre pessoas jurídicas, no caso de agências de publicidade e alguns serviços de corretagem, por exemplo
  • Todos os rendimentos que são pagos por pessoa jurídica no caso trabalhos não assalariados
  • Rendimentos pagos por pessoas jurídicas ou físicas no caso de trabalhos assalariados
  • Todos os rendimentos de royalties e aluguéis pagos por pessoas jurídicas
  • Os rendimentos que são pagos por fontes situadas em nosso país a empregados, pessoas jurídicas remetidas, creditadas, situadas no exterior

Você também pode obter mais informações no próprio site da Receita clicando aqui.

Como Ficou a Nova Tabela?

Podemos observar na tabela IRRF 2020 que todos os contribuintes que ganham as menores faixas de renda tiveram um reajuste maior e todos que ganham as maiores faixas de renda tiveram um reajuste menor. Lembrando que esse reajuste é proporcional, nos deixando mais sossegados, porque quem ganha menos ainda pagará menos impostos, ao contrário de quem ganha mais.

O reajuste proposto pelo Congresso Nacional será de 6,5% para as duas primeiras faixas. Na terceira faixa, a correção será de 5,5%. Na quarta, será de 5% e nas duas últimas será de 4,5%.

Como Tirar Dúvidas?

Sabemos que declarar o imposto de renda não é uma coisa fácil. Se você tiver alguma dificuldade, você pode ligar para a Central de Atendimento da Receita Federal e esclarecer todas as suas questões.

  • O Receitafone é 146: basta ligar e se informar.

Se você preferir sanar algumas dúvidas usando a Internet, você pode clicar aqui e ir direto na sessão Fale Conosco.

Se optar em ir pessoalmente, você pode encontrar a unidade mais próxima de você clicando aqui.

Boa sorte!